Ganha espaço na casa de banho

  
Ter espaço é importante, mas existem recursos que permitem ganhar espaço onde julgas que ele não existe.
Estas são algumas soluções para ampliares, sem obras, uma casa de banho pequena.

Respeita as medidas

Tens uma casa de banho pequena? Sabias que podes melhorar o seu aspeto e conforto? Basta aplicares pequenas alterações que libertam e ampliam visualmente o espaço.
O primeiro passo é assegurar as medidas mínimas. Uma casa de banho deve ter uma largura mínima de 1,20m. O bidé e a sanita têm que ter uma zona livre de ambos os lados de 20cm e na frente de cerca de 70cm. O lavatório precisa de um mínimo de 40cm de largura e um espaço de 10cm de cada lado para ser cómodo.
Mais vale um duche espaçoso que uma banheira pequena. Escolhe uma base de duche nivelado com o chão, assim, a casa de banha parece maior.
Se a casa de banho é mesmo mini, troca as portas por portas de correr, algumas até podem encaixar na própria parede.

Visibilidade ampla e sem obstáculos

Seja qual for a distribuição da casa de banho, é importante que assegures um ambiente sereno e clean. Deves deixar o mínimo de objetos á vista: um espaço repleto de móveis e pequenos elementos enchem o espaço e visualmente tornam-se cansativos.
É importante que a luz possa alcançar todo o espaço, sem obstáculos. Utiliza elementos transparentes, uma boa solução é trocares as cortinas do duche por uma proteção de vidro transparente. Assim disfrutarás de uma visão panorâmica de todo o espaço, sem obstáculos visuais, e assim,  ampliarás a casa de banho.


Escolhe móveis baixos

No que diz respeito aos móveis, escolhe brancos ou em tons claros, com pouca profundidade, de design ligeiro e prescinde das frentes muito compactas. Devem limitar-se a uma bancada, sem armários na parte superior, para que não te ocupem as partes mais altas da divisão. Mesmo que ao solo tenhas menos espaço, não perderás a liberdade de movimentos e a perceção da perda  de espaço será muito menor.
Deves escolher  sanitários suspensos que dão uma sensação de espaço menos carregado pelo simples facto de não tocarem no chão. Consegues assim maior facilidade na manutenção e limpeza do espaço.  O lavatório não deve ter pedestal, deve estar apoiado num móvel suspenso. Se não gostas de móveis suspensos, escolhe peças com patas, nunca optes por móveis fechados até ao chão.



Ganha claridade e luz


Sempre que possível, potencia e reforça a luz natural. Mais claridade é o teu objetivo. Usa tons claros, podem não ser necessariamente brancos. Joga com as texturas. Combinar materiais diferentes é uma maneira subtil de criar planos distintos e assim ganhar profundidade. Não te esqueças dos brilhos: espelhos e revestimentos acetinados – na medida certa – ajudarão a potenciar a amplitude. No que respeita á luz artificial, o melhor é optares por uma luz intensa com uma temperatura de cor neutra (4500ºK) chamada ‘’luz dia’’ para definir e marcar o espaço. Escolhe iluminação embutida de angulo amplo (120º) para evitar criar zonas de penumbra. Coloca pelo menos duas lâmpadas para compensar as sombras. Coloca uma luz mais neutra (4000Kº) sobre o espelho para te arranjares com uma iluminação o mais próxima possível da luz natural.

Fonte: El Mueble
Fotos: Pinterest

Mensagens populares